Shopping

A JHSF, uma das maiores e mais atuantes empresas do setor imobiliário do País, está desenvolvendo em Manaus o Shopping Ponta Negra. Com esse empreendimento, a JHSF dá continuidade ao seu plano de expansão, iniciando sua atuação no Estado do Amazonas.

Localizado no bairro Ponta Negra, um local de forte apelo turístico, às margens do Rio Negro, o shopping tem acesso pela estrada de mesmo nome e a do Turismo. Essa região é reconhecida como o maior vetor de crescimento imobiliário de alto padrão da cidade.

Inaugurado no 3º trimestre de 2013, o Shopping Ponta Negra introduziu no mercado de Manaus um conceito inovador de centro de compras, inspirado nos empreendimentos mais modernos e bem-sucedidos do Brasil.

Seu mix de lojas contempla moda, lazer, entretenimento, gastronomia e serviços que atendem às necessidades do dia a dia do cliente. O empreendimento reuni cinema de última geração, inédito na região – são 10 salas de cinema, sendo uma 3D e outras quatro vips – e restaurantes em um ambiente charmoso e agradável. O shopping ainda proporciona a seus clientes serviços como salão de beleza e um espaço destinado exclusivamente para crianças.

A primeira fase conta com aproximadamente 200 lojas de marcas nacionais e internacionais, distribuídas em três pisos, e uma área bruta locável (ABL) de cerca de 37.000 m², que será ampliada posteriormente, para aproximadamente 47.000 m². Devido ao sucesso da comercialização, o shopping foi inaugurado com sua primeira expansão.

Implantação de práticas sustentáveis

Como é filosofia da JHSF, as questões socioambientais são sempre essenciais. Por isso, estão previstas medidas para reduzir os impactos no meio ambiente, tais como:

  • Uso de iluminação natural no interior do shopping por meio de claraboias;
  • Estação de tratamento de esgoto;
  • Caixa de reuso para aproveitamento das águas pluviais;
  • Nos sanitários são instalados secadores para as mãos e torneiras com sensores automáticos, promovendo significativa economia de papel e água;
  • Elaboração de um Plano de Compensação Ambiental no paisagismo do empreendimento, que prevê práticas que visam a contribuir com o meio ambiente, tais como plantio de árvores no entorno do shopping e uso de espécies vegetais nativas, que estavam presentes no terreno.